Art Nouveau

Art Nouveau

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraArt Nouveau

O art nouveau, termo que vem do francês e significa arte nova, surgiu na Europa entre os anos 1890 e 1910. Em sua essência, é um movimento voltado para o design, arquitetura e decoração, mas que também influenciou as artes plásticas. O art nouveau tinha uma preocupação com a forma, para que ela tivesse uma originalidade, e tinha relação com a Segunda Revolução Industrial e com a exploração de materiais como ferro e vidro.

Com o art nouveau, o ferro e o vidro passaram a ser os principais elementos dos edifícios construídos sob esta nova estética. O estilo art nouveau surgiu como uma tendência inovadora do fim do século XIX com um estilo mais floreado, onde há destaques para formas orgânicas da natureza, como cisnes, folhagens, flores, entre outros elementos. Nos edifícios você percebe linhas curvas, irregulares, assimétricas e delicadas. Saiba mais sobre o art nouveau com o Westwing.

Estilo Art Noveau Marca Presença na Arquitetura

Em Bruxelas, na Bélgica, o Art Nouveau foi desenvolvido pelos arquitetos Victor Horta e Henry Van del Velde. Victor transformava designs mais individualistas em símbolos culturais populares, tanto que seus trabalhos têm uma arquitetura mais dinâmica e animada. As curvas mais abstratas ficam por conta do Henry Van del Velde no qual ele mostra suas artes com mais simplicidade e clareza.

Na França, as tradições fizeram do Art Nouveau uma arte refinada, com seu centro na cidade de Paris. Samuel Bling deu nome ao movimento. Ele tinha uma galeria cujo nome era L’Art Nouveau.

O aspecto vegetal e floral na França se deu com Emille Gallé, na cidade de Nancy. Ele se inspirava na natureza e dizia que ela era a fonte das raízes do ser humano. Estes detalhes começaram a aparecer em objetos como luminárias e vasos, por exemplo.

Arquitetura Art Nouveau

O hotel Gresham Palace, em Budapest, é um grande símbolo do Art Nouveau. Com vitrais, mosaicos e ferragens, suas linhas curvas são fascinantes, assim como seguem a mesma linha os objetos decorativos. Tudo com uma ideia muito luxuosa, com apego aos detalhes, que são de encher os olhos.

Um dos grandes nomes do Art Nouveau é o espanhol Antonio Gaudi. Ele trabalhava na cidade de Barcelona e tinha sempre uma busca muito forte por individualidade e originalidade em suas criações. Com o passar do tempo, Gaudi misturou a estética de seus trabalhos góticos com o Art Nouveau e isso pode ser visto na Igreja Sagrada Família. A parte inferior da igreja segue um estilo mais gótico e, após Gaudi assumir o projeto, logo nos seus primeiros anos de construção, adotou um estilo mais Art Nouveau com mais curvas e detalhes.

Estilo Art Nouveau no Brasil

Foi logo no início da República brasileira que o art nouveau se manifestou em nosso país e, para nós, apareceu com o nome de arte floreal. A influência que a arte teve aqui foi tão forte quanto na Europa, tendo muita influência na arquitetura e artes gráficas.

Móveis Art Nouveau

Em Manaus e Belém do Pará, no século XIX, encontram-se alguns exemplares projetos de Art Nouveau. O Teatro Amazonas (1896), feito pelo Gabinete Português de Engenharia e Arquitetura de Lisboa, em 1883 e a estrutura metálica do Mercado Ver-o-Peso, em Belém, intitulado por locais como ‘Mercado de Ferro’ são exemplos disso.

Em Porto Alegre, um dos principais introdutores da Art Nouveau foi Manoel Itaqui entre os anos de 1876-1945. No período ele projetou vários edifícios para a Universidade de Porto Alegre (atual Universidade Federal do Rio Grande do Sul), o Castelinho (1906) e o Observatório Astronômico (1906). Há outros exemplos como a Casa Godoy (1907), de Hermann Menschen (1876), e a Farmácia Carvalho (1907), de Francesco Tomatis. O porto do Cais Mauá e seus armazéns fabricados na França pela Casa Costa Daydée e montados no local, são outros edifícios característicos do estilo naquela cidade.

Estilo Art Nouveau

Como Identificar as Peças Art Nouveau

As principais características de objetos decorativos do Art Nouveau são os materiais utilizados e o seu design. O ferro, metal, madeira, pedrarias e o vidro são os principais deste tipo de arte. O que também os caracteriza são as suas linhas curvas, ondulares, assimétricas. São detalhes milimetricamente pensados, preocupados com a estética, com o aspecto decorativo. Um dos exemplos fáceis de serem reconhecidos, são as antigas penteadeiras. Cheias de curvas e desenhos rebuscados, são finas exemplificações do que podemos chamar de Art Nouveau.

Características do Art Nouveau

O Art Nouveau une décor e arquitetura e podemos facilmente encontrar seus lindos elementos curvilíneos presentes ainda hoje na decoração.

Westwing: o Extraordinário Mundo da Sua Casa!

Próximas campanhas