Área da Piscina

Área da Piscina

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraÁrea da Piscina

O lugar mais frequentado nos dias quentes, um espaço ideal para receber amigos e relaxar aos fins de semana e nos momentos livres. A área da piscina é tudo isso e mais pouco. Sua composição, decoração e disposição dos móveis precisam ser pensadas com o mesmo cuidado, critério e dedicação adotada na hora de preencher os espaços internos. Por conta disso, o Westwing separou algumas dicas para te ajudar, orientar e inspirar na hora de montar o local.

Esperamos que assim você possa não apenas deixá-lo exatamente com a sua cara, gosto e personalidade, mas também organizá-lo de forma bastante funcional, levando praticidade e conforto para quem o frequentar. Mesmo que você já tenha o seu espaço completamente construído e finalizado da forma como sempre quis, essa é uma oportunidade para conhecer ideias novas e usar quando necessário. Preparados? Então vamos lá:


ÁREA DA PISCINAMontar um jardim ou um espaço verde na área da piscina levará mais conforto ao ambiente, além de transmitir a sensação de clima e estilo tropical. O mais indicado é contar com a ajuda de um profissional, um paisagista, para a elaboração do local. Ele poderá não apenas projetar o jardim, a disposição das plantas e flores de forma adequada, como também fará um estudo do perfil de moradores da residência para então decidir o que mais combina com os gostos e preferências de cada habitante do lar.

Se preferir criar o espaço no estilo “você mesmo”, uma boa sugestão é optar por plantas baixas, médias e altas para preencher a visão ao redor da área da piscina. Atente-se também ao tamanho das folhas. Recomenda-se a escolha pelas maiores, pois se forem pequenas será mais difícil limpar a piscina. Também é preciso adotar no jardim o mesmo estilo usado na formatação da piscina. Ou seja, se ela for contemporânea, a composição do jardim precisa estar em harmonia com esse visual escolhido.

Evite plantas tóxicas, venenosas e com espinhos para uso na área da piscina. Assim o risco de acidentes no espaço será menor, algo que precisa de extrema atenção na hora de montar o jardim, principalmente se crianças e idosos frequentam o local.

O entorno da área da piscina

A área da piscina precisa contar com um entorno que ofereça segurança e conforto para quem frequentar o espaço, além, é claro, de beleza e harmonia com a decoração e cenário do ambiente. Para revestir o chão do local há uma série de materiais, cada um com benefícios e desvantagens específicas. Por exemplo, o deck de madeira é bastante indicado para a aplicação na área da piscina, porém o material necessita de uma manutenção semestral para manter o mesmo brilho.

Além do deck de madeira, pode-se investir no piso cimentício na área da piscina, uma opção que não deslize e nem esquenta os pés, o que evita um possível desconforto para quem andar descalço pelo ambiente. O material, por sua vez, necessita de uma manutenção a cada dois meses.

Cerâmica rústica é uma alternativa resistente e durável para revestir a área da piscina. Entretanto, o material sofre com a ação do tempo e pode apresentar manchas ao longo do tempo.

Outra sugestão para compor o chão da área da piscina é o mármore levigado, tipo de revestimento nobre, antiderrapante e que não esquenta. Sua desvantagem é a necessidade de manutenção constante, pois é um material propício a desbotar com a ação do tempo.

O fulget é mais uma alternativa a se recorrer na hora de revestir a área da piscina. O material além de antiderrapante, é resistente e fácil de higienizar. Porém, tem toque bastante áspero, característica que pode incomodar ao se andar descalço.

A decoração na área da piscina

Para decorar a área da piscina a dica é investir em móveis versáteis, ou seja, que podem ser usados em mais de uma forma e finalidade. Por exemplo, uma banqueta que pode servir como mesinha para quitutes. Se ela contar com almofadas, aposte nas opções impermeáveis. O material das peças usadas na área da piscina, como espreguiçadeiras ou cadeiras de praia, também precisa ser avaliado com critério. No caso da madeira é importante verificar com o fornecedor se ele já vem tratado com vitrificação ou camada acrílica, procedimentos que previnem contra ações climáticas, como chuva e sol.

O alumínio é indicado para o espaço por resistir às ações climáticas, porém os tons claros do material são mais indicados para compor a área da piscina. De acordo com especialistas, peças escuras desbotam mais facilmente devido às queimaduras do sol.

Itens produzidos em fibras, sejam plásticas ou naturais (rattan), são ótimos para a área da piscina. Além de não sofrerem tanto com as ações do tempo, seu acabamento semelhante ao visual de palha transmite a aparência de propositalmente desgastado e não degradado devido o tempo de uso. Porém, a recomendação é que se opte por peças com esse material se for abrigá-las em espaços cobertos.

Próximas campanhas