Antoni Gaudí

Antoni Gaudí

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraAntoni Gaudí

É difícil resistir ao fascínio imediato resultante da apreciação do trabalho de Antoni Gaudí. A obra do arquiteto catalão se confunde com a alma da cidade de Barcelona de maneira raramente observada na história. O estilo de Antoni Gaudí marcadamente expressivo e individual, parte de influência modernista e parte neo-gótica flerta com aspectos do cubismo e surrealismo e é crucial na definição da estética da cidade. O aspecto humano se sobressai, assim como o imaginário que remete à natureza e à religião, proporcionando uma ampla reflexão da cultura catalã.

Antoni Gaudí foi um arquiteto espanhol cuja genialidade da obra não deixa margens para dúvidas em relação à sua contribuição para a arquitetura e o urbanismo mundial. A estética que define a cidade de Barcelona é o principal trabalho no seu portfólio. E é justamente essa beleza urbana incomparável que torna Gaudí um dos maiores arquitetos de todos os tempos. Inspire-se e entenda mais sobre a biografia, estilo e obras de Antoni Gaudí com o Westwing!

Antoni Gaudí: Biografia

Antoni Gaudí nasceu em Reus, província catalã de Tarragona, situada a 80 quilômetros da cidade de Barcelona. Oriundo de uma família modesta liderada por pais caldeireiros, a infância de Antoni Gaudí foi marcada por problemas relacionados à saúde. O reumatismo o acompanhou por toda a vida, mas não foi obstáculo para a sua mudança para a capital catalã, onde iniciou seus estudos na Escola Técnica Superior d’Arquitetura. Sua visão peculiar para a arquitetura foi notada pelos seus professores ainda na academia. Antoni Gaudí graduou-se como arquiteto em 1878, mesmo ano em que ganhou a sua primeira competição para realização de um trabalho de intervenção urbana.

O Estilo de Antoni Gaudí

Antoni Gaudí desenvolveu seu próprio estilo arquitetônico utilizando uma abordagem baseada em formas orgânicas, curvas e espirais. Seu estilo se assemelha a uma colagem artística de pensamentos, sentimentos e estados de espírito traduzidos em cada detalhe das suas obras. No trabalho de Antoni Gaudí, o abandono aos ditames da arquitetura clássica foi substituído por uma filosofia de base livre e experimental. As estruturas irregulares, multicoloridas e multidimensionais fazem referência direta à beleza e caos do mundo natural. O estilo arquitetônico de Antoni Gaudí é marcado pela exploração de elementos da natureza como a forma das ondas, o movimento das águas e do vento. O seu principal objetivo estilístico era destruir fronteiras, despertar a imaginação e representar de maneira fiel a fluidez natural na essência de suas obras.

A Obra de Antoni Gaudí

A vastidão imaginativa e a genialidade do legado arquitetônico de Antoni Gaudí ganharam sua expressão máxima nos prédios, casas e parques da cidade de Barcelona. O seu trabalho com a cores e formas orgânicas pode ser apreciado em detalhes nas estátuas animalescas e edificações arredondadas do Parc Güel ( 1914).  Na Casa Batló (1907) Gaudí revelou ao mundo o intenso veio artístico do seu estilo permitindo-se-se-se explorar livremente formas, cores e representações naturais tanto na estrutura do prédio quanto no acabamento, uma verdadeira ode à livre criação. Na construção da Catedral da Sagrada Família (1926), sua obra derradeira e inacabada, Antoni Gaudí fez o seu retorno às suas profundas raízes católicas, revelando sua crença fervorosa na construção de um edifício icônico para a história da humanidade. O seu funeral foi realizado na Catedral, no ano de 1926.

Próximas campanhas