Andrea Palladio

Andrea Palladio

Compartilhe

WESTWING NA MÍDIA:
Quer saber mais? Leia nosso guia!

Guia Westwing paraAndrea Palladio

Andrea di Pietro dela Gondola, mais conhecido como Andrea Palladio, foi um dos principais arquitetos e pesquisadores do Renascentismo italiano do século XVI. Ele é o autor de uma das principais obras teóricas sobre arquitetura de todos os tempos, além de ter criado uma infinidade de edifícios que até hoje são admirados na região de Veneza, na Itália. A obra de Andrea Palladio deriva da arquitetura clássica greco-romana, admirada por seu equilíbrio e simetria.

As ideias de Andrea Palladio deram origem ao palladianismo e, posteriormente, ao neopalladianismo, posicionando definitivamente o arquiteto como uma das figuras mais influentes da história da arquitetura no ocidente. Hoje, é possível encontrarmos obras que seguem as diretrizes de Palladio por toda a Europa e América. No Westwing você fica por dentro do mundo da decoração e da arquitetura para se inspirar e transformar a sua casa da melhor maneira possível.  

Andrea Palladio: Vida e Obra Teórica

Andrea Palladio nasceu em Pádua, então parte da República de Veneza, e iniciou sua carreira como cortador de pedra e, após os estudos em Vicenza, se tornou construtor. Nesta época chamou a atenção do conde Gian Giorgio Trissino que se tornou seu mentor e o fez receber uma educação humanista com ênfase em arquitetura.

Logo, Andrea Palladio se interessou pelos pensamentos de arquitetos canônicos, como Vitrúvio e Alberti. Viajou inúmeras vezes a Roma a fim de conhecer e estudar as ruínas antigas, desvendando seu sistema de proporções. Isso resultou em seus dois primeiros livros, que apesar de serem basicamente guias turísticos da época, chamou a atenção da aristocracia e Andrea foi elevado a condição de autoridade no assunto. Seu terceiro livro, onde reconstruía com desenhos e textos eruditos prédios desaparecidos da Antiguidade, consolidou ainda mais sua posição.

Entretanto, foi por volta de 1570 que Andrea Palladio escreveu sua principal obra, onde discutia seu próprio trabalho e o resultado de suas pesquisas, o I Quattro Libri dell’Architettura, que se tornou o segundo tratado de arquitetura mais influente de todos os tempos, perdendo apenas para os textos de Vitrúvio.

Andrea Palladio e sua Obra Arquitetônica

Toda a produção arquitetônica de Andrea Palladio está na região de Veneto, distribuídos entre Vicenza, Veneza e o interior. Com o comércio marítimo em declínio no Mediterrâneo, no século XVI, a elite de Veneza passou a adquirir propriedades em terra firme, estabelecendo fazendas e erguendo villas: residências campestres de alto padrão. Andrea Palladio era a melhor opção de arquiteto para isso, pois sua inclinação a arquitetura Romana Antiga era ideal para a aristocracia contestar a supremacia veneziana e seu estilo eclético.

Andrea Palladio projetou igrejas, palácios e palecetes urbanos, mas foram as villas que lhes deram, e dão, mais prestígio. As villas palladianas foram inovadoras, pois pela primeira vez no ocidente, a arquitetura e o paisagismo foram criados pertencendo um ao outro, onde a casa prolongava para dentro da natureza e vice-versa. Palladio também foi o primeiro a usar o frontão de templo grego como a cobertura de um pórtico, característica muito imitada até hoje.

Entre as principais obras de Andrea Palladio podemos citar a Villa Barbaro, Villa Pojana, Villa Capra e a basílica de San Giorgio Maggiore, um dos cartões postais de Veneza.

Próximas campanhas